Racismo Não!



Olá, queridos, tudo bem? Acho que desta vez nem tanto, e nem tem como ficar tudo bem quando a gente se depara com lamentáveis ocorridos como os que estão sendo noticiados pela mídia ultimamente!

Confesso que eu gostaria muito poder escrever sobre o que mais amo: o cuidado dos cabelos crespos! Só que eu não poderia deixar de manifestar a minha opinião quanto a esse sentimento que, como ferrugem, tem corroído e degradado nossa sociedade há tanto tempo.

O racismo, aquele que muita gente nem acredita que existe ou que acha que é coisa da cabeça da gente, finalmente começa a ficar mais exposto! Sim, tem gente que acha que o negro é que é racista, pois vê racismo em tudo! O negro não é racista! Infelizmente ele vê o racismo porque ele é a vítima nessa questão! Quem tem pele branca jamais vai vivenciar o preconceito, concorda comigo? Me diga, como alguém que não é negro poderá sentir racismo na própria pele? Por isso que o negro acaba vendo mais porque é ele quem sofre com o preconceito.

E agora, parece que a coisa tá aumentando ou simplesmente “se mostrando”! Na verdade, o racismo sempre existiu, de forma velada ou não! Digo isso porque não são raros os casos de pessoas negras que sofrem o racismo todos os dias! Só que agora ele está aparecendo mais e até ganhando repercussão ao vivo, gente! Quem não acompanhou os incontáveis incidentes ocorridos no futebol nacional e internacional? E recentemente foi possível ver em tempo real, o deplorável comportamento de alguns torcedores chamando um goleiro de macaco! Mas isso já se repetiu tanto né? E ai? Quer mais?

Hoje, para o meu estarrecimento, vi um casal no telejornal que resolveu devolver da maneira como o racismo precisa ser tratado: como caso de polícia! Ela é uma linda negra e namora um rapaz de pele branca! Ao postarem uma foto juntos, foram vítimas de comentários horríveis como: “Ele é o seu dono?” , “Essa foto foi tirada na senzala” Ei, como assim? Onde estamos? Que coisa terrível é essa meu povo? Sabe o que mais me deixou pasma? O fato de que os comentários partiram de jovens entre 15 e 20 anos! O que reforça o fato de que isso lhes foi ensinado de alguma forma. E existem muitos veículos que promovem esse absurdo!

Racismo é caso de polícia e deve ser denunciado, concordo! Mas na minha opinião, é apenas a ponta do iceberg! Sabe por quê? Eu tive contato com pessoas que aprenderam o racismo em sua própria família! Isso mesmo! Essa droga também é passada de pai para filho! Nesse caso, o que fazer? Essa é a minha maior pergunta, já que este sentimento de segregação terrível impregnou nossa terra desde a colonização! Muitas cidades em nosso país estão contaminadas pelo ódio racial, trazido pelo imigrante até os dias de hoje! #fato.





Lá fora, esses ditos “incidentes” são tratados com maior rigor. E aqui Brasil? Como serão tratados esses casos que tem sido noticiados nestas últimas semanas? E os outros que foram mostrados na mídia e que caíram no esquecimento? Que medidas serão tomadas pelos nossos governantes, a longo prazo? Que medidas preventivas podemos ter em relação a essa degradação social? Quão severas serão as penas para estas pessoas que tratam o próximo desta maneira? 

São muitas perguntas e poucas respostas! Como mulher negra, manifesto meu repúdio em relação a esses acontecimentos, que na minha opinião não são incidentes e precisam de um olhar mais sério por parte de nossos representantes! EU DIGO NÃO AO RACISMO!

Outra coisa que eu não concordo: dizem que não se deve dar ibope a esse tipo de coisa. Eu acho que esse assunto precisa sim ser fomentado mais e mais em nossa sociedade e principalmente: DENUNCIADO! Tornou-se urgente rever nossos conceitos e tentar mudar o caos para o qual caminha a nossa juventude! Portanto, se você for vítima de racismo, DENUNCIE!



Vocês podem acompanhar as matérias que foram aos jornais nos links abaixo:
Goleiro é chamado de macaco por torcedores: 

http://espn.uol.com.br/noticia/436034_aranha-e-chamado-de-macaco-por-torcida-do-gremio

Casal é vítima de racismo em rede social:http://www.interligadonline.com/2014/08/24/casal-posta-foto-em-rede-social-e-se-tona-vitima-de-racismo/
 http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2014/09/01/policia-investiga-acao-orquestrada-contra-casal-vitima-de-racismo-em-mg.htm

É isso gente! Até a próxima!




4 comentários:

  1. Cada dia que passa, me deparo mais e mais com casos de racismo. Principalmente agora, que muitos homens e mulheres assumiram seus cabelos crespos. Só de caminhar pela rua, somos olhados como se fossemos de outro planeta. Expressões do tipo: cabelo "duro", cabelo "ruim", estão sempre presentes no nosso dia a dia. E ouço isso de pessoas negras. Qualquer tipo de preconceito é triste e lamentável, é doloroso não assumir suas origens, suas raízes. Espero que consigamos mudar isso, porque sinceramente, quero que meus filhos vivam em um mundo melhor, sem nenhum tipo de preconceito e sem racismo. E sempre ensino que eles devem ter orgulho de sua cor e cabelo, e que nunca devem aceitar serem colocados pra baixo ou diminuídos. Ótimo texto! Acompanho seu blog e seus vídeos já faz um tempo, e admiro muito seu trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Olá. Concordo plenamente com você !! Aonde vamos parar ?!? Já vivemos diariamente um apartheid silencioso ou ao menos não divulgado pela hipócrita mídia brasileira, e não apenas pela imprensa nacional pois vide o que está acontecendo nos EUA. Acredito que devemos sempre divulgar estes casos de racismo e preconceitos na mídia e nos tribunais, processando quem quer que seja. É dolorido demais ficar indiferente e fingir que não existiu pois se continuar desta forma nunca vai parar de acontecer. E aproveitando, vou citar a frase de uma militante do grupo do facebook, Meninas Black Power: alisamento de cabelo NÃO é opção. Bem, esta é minha contribuição

    ResponderExcluir
  3. Oi Carina, seu comentário retrata bem a nossa triste realidade! Como mãe, também procuro instruir meus filhos a não aceitarem esse tipo de coisa também. Infelizmente algumas pessoas negras alimentam ainda mais o preconceito. Vamos continuar lutando! Desistir jamais! Obrigada pelo carinho! Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Egna, obrigada pela sua maravilhosa contribuição. Só li verdades! Um beijo querida!

    ResponderExcluir

Obrigada por vir! Bjs.



Curta nossa fanpage!