A Discussão Sobre o Xampu

A discussão sobre o uso do xampu comum ainda está longe de acabar! Até porque boa parte das pessoas nunca ouviram falar sobre sulfato e o pior, não há boa vontade por parte de muitas empresas em fabricar produtos sem esse agente.

Tenho lido muito sobre isso e cada vez mais pessoas discutem e até admitem as contras, mas mudança de postura das empresas de cosmética no Brasil, ainda seguem a passos bem tímidos. 

Mas, o que é sulfato? Conhecido como Lauril Éter Sulfato de Sódio ou Laureth Sulfato de Sódio, é um detergente desengordurante que você encontra em vários produtos de higiene, inclusive no xampu de todos os dias. Ele remove a sujeira e ajuda na espumação que acontece nos cabelos quando os lavamos.

Por outro lado, além de limpar, o sulfato remove a umidade natural do fio, ressecando e até sensibilizando o mesmo, porque é um agente agressivo. Ao abrir as cutículas do fio ao mesmo tempo retira dele nutrientes essenciais que garantem a sua vitalidade.

Quem nunca usou um xampu que deixou o cabelo literalmente como palha? Quem nunca percebeu fios quebrando após uma higienização inocente, como lavar o cabelo? Acho que todas nós temos alguma experiência ruim nessa área, afinal, não importa marcas (se caras ou baratas), o problema está no sulfato e nas concentrações que cada empresa dispensa em sua formulação.

Eu já vi cabelereiros indicarem o uso do xampu por aparência, mas isso nunca deu certo para mim. Porque segundo essa regra, pessoas com cabelos secos "teriam que usar xampus perolados". Tive uma péssima experiência, há um tempo atrás com um xampu perolado que nunca mais esqueci. Nem o condicionador conseguiu amaciar meu cabelo. Simplesmente virou um bolo cheio de nós, uma dificuldade incrível para desembaraçar e é lógico que eu chorava ao ver que muitas mechas arrebentaram por causa disso.

 A verdade é a seguinte: com o avanço da cosmética, várias empresas começaram a se mexer e a melhorar a formulação do xampu para tentar minimizar o impacto do sulfato nos cabelos. E até existem alternativas para a fabricação de um produto a partir de agentes mais suaves, mas muitas empresas acabam optando pelo lauril por ser muito mais barato.

Assisti a uma matéria na tv interessante sobre casos de alergia também provenientes de cosméticos. Fiquei ainda mais estarrecida quando um dos médicos falou que há pouca diferença entre o detergente que usamos na cozinha e o que está presente no xampu, por isso, existem casos de pessoas que sofrem de alergia justamente por causa do uso desse sulfato que está lá no seu produto favorito. Portanto, fique ligada na composição do seu xampu!
 
 Graças à era da informação em que vivemos, hoje eu não uso mais nenhum xampu com sulfato, por mais suave que seja. Isso porque meu cabelo é naturalmente seco, fino e sensível. Aí eu uso xampu sem sulfato 1x na semana, intercalando os demais dias com o co-wash e hidratações sucessivas.

E você? Como é o seu xampu? Fique de olho!

 






 

2 comentários:

  1. Aninha, pra quem tem cabelo fino como eu os shampoos sem sulfato são uma benção. Aliás, melhoraram até minha queda! Realmente, a indústria nacional não tem a menor vontade de substituir o lauril (que é bem mais barato) por outro agente limpador que não cause tanto estrago (e é mais caro).
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Gaspinha, meu cabelo tbm é muito fininho, nossa! Sei bem do que vc diz!
    Tenho tentado interagir com algumas empresas, mas é triste receber resposta delas, dizendo que sentem-se à vontade com o uso do lauril em suas formulações! Acho um absurdo! Quem paga é o consumidor que muitas vezes desconhece o perigo do sulfato...lamentável mesmo! Bjs!

    ResponderExcluir

Obrigada por vir! Bjs.



Curta nossa fanpage!